Problemas de Saúde que Mais Prejudicam a Beleza Exterior [PREVINA-SE]

Aprenda quais são os problemas de saúde que mais prejudicam a beleza exterior

 

O bem estar está aliado a manutenção de um ótimo aspecto, por isso ficar fora do radar de doenças que são capazes de degradar a sua beleza exterior, é tão importante quanto adotar um regime alimentar saudável, pois apesar da beleza não ser tudo nessa vida, está mais do que comprovado que ela influência na nossa qualidade de vida, não é mesmo!

Pensando justamente nisso, resolvemos preparar este post para que você fique por dentro e previne-se dos problemas de saúde que mais prejudicam a beleza exterior.

Acompanhe!

#1. Diabetes

São mais de 9,1 milhões de brasileiros que apresentam essa enfermidade provocada pelo excesso de açúcar no sangue e que origina a queda de cabelo.

Mas como a diabetes faz o cabelo cair? – Pelo fato desta doença afetar negativamente a circulação em todo o organismo, ela dificulta a recepção de nutrientes e outras substâncias importantes por cada folículo piloso (estrutura que abriga e nutre os fios do cabelo).

Por conta desse barramento de nutrientes, os folículos acabam por morrer e com isso o ciclo capilar é desequilibrado, passando a abrir espaço para a queda frequente dos fios do cabelo e baixa autoestima acompanhada de depressão.

Sendo assim, é necessário prevenir-se de qualquer tipo de diabetes mantendo as taxas glicêmicas dentro da normalidade pelo consumo de vegetais e redução dos carboidratos na dieta alimentar.

Agora, pra quem já tem a doença e quer saber como acabar com a queda de cabelo, o melhor é procurar aconselhamento médico antes de optar por qualquer tratamento capilar.

#2. Dermatites

Além de afetar negativamente a beleza, os efeitos desta doença também atingem o campo profissional, pois a dermatite dá uma hiper sensibilidade a pele (dermatite de contato), o que não é bom para funcionários do setor industrial que manuseiam uma grande variedade de substâncias.

Os sintomas mais notáveis desse problema são a vermelhidão e lesões na pele, efeitos esses que são amenizados por cremes e outros remédios que mantem a inflamação normalizada.

Valendo salientar que a dermatite também pode causar a descamação do couro cabeludo e das sobrancelhas, isso quando ela toma a forma de dermatite seborreica, a famosa caspa.

Mas no caso desse tipo de dermatite, existem xampus especiais que ajudam a contornar a situação.

#3. Onicomicose

As unhas constituem uma das partes do corpo que mais contribui para a elegância e glamour da mulher, sendo que até mesmo do lado masculino elas são parte fundamental da beleza.

Agora, quando surge uma doença como a Onicomicose que é capaz de instaurar uma sombra cinza debaixo da unha ou manchas brancas nessa mesma região, a beleza das unhas fica comprometida.

A Onicomicose é uma doença infecciosa causada por fungos que além de causar os efeitos negativos mencionados acima, também podem originar um engrossamento da prega cutânea que fica em torno da unha, o que acaba deixando as unhas mais frágeis e grossas.

Por isso, no caso de verificação dos sintomas desta doença, é necessário que o doente procure apoio médico para a indicação de um tratamento que dê um fim a esse problema, como a administração de antifúngicos por via oral.

#4. O Stress

Além da baixa no humor que este problema de saúde pode originar, a que de cabelo é mais um dos efeitos negativos do Stress.

Provocado na maioria das vezes pelo excesso de preocupações, esse problema afeta grande parte da população brasileira, pois com a correria do dia a dia pouquíssimos conseguem fechar o dia sem nenhuma preocupação.

Por conta disso, é bastante comum que pessoas com Stress sejam dominadas facilmente pela a queda de cabeludos e outras tendências prejudiciais a beleza e saúde, como o ato de “roer as unhas”.

#5. Acne

Pesquisas apontam que 8 em cada 10 pessoas já tiveram espinhas ao longo de sua vida, por conta disso, muita gente acha que esse problema não tem muito relevo.

Mas apesar da aparente ofensividade da Acne, este quadro pode avançar, e acabar por provocar dores e prejudicar a sua aparência. Isso sem falar que em alguns casos os efeitos negativos da doença podem alastrar-se para um baque emocional e entraves sociais.

Por isso, é importante manter-se longe desta doença optando por uma alimentação saudável, pois a acne está diretamente relacionada com a alimentação.

Uma dica, não menospreze as espinhas quando elas surgirem, pois ao invés de serem passageiras, elas pode acabar por durar por um bom tempo. Sendo assim, é sempre recomendado visitar um dermatologista para que ele indique o melhor tratamento no seu caso.

#6. Problemas muscoesqueléticos

Manter a espinha ereta é crucial para uma boa estética e realce da beleza exterior, e os problemas muscoesqueléticos constituem um grande impedimento no alcance de tais objetivos.

Sendo que as dores de coluna também prejudicam a produtividade nas tarefas do cotidiano, havendo por isso a necessidade urgente de prevenir-se desse tipo de problema fazendo exercícios físicos regularmente (nada de exageros!).

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *